quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Dieta Mediterrânica reduz risco de doença cardiovascular


Num ano em que a agricultura familiar está na vanguarda, nunca é demais realçar as virtudes da dieta mediterrânica.
Esta é o pilar da alimentação do pequeno agricultor português!

"Um estudo realizado em Espanha, envolvendo 7447 participantes, revelou que a adoção de uma alimentação próxima da dieta mediterrânica, caraterizada por baixo consumo de carne vermelha, mais rica em peixe e legumes, inclusão de frutos secos, utilização do azeite em substituição de outras gorduras menos saudáveis e vinho em pequenas quantidades, levou a uma redução de 30% do risco de acidentes cardiovasculares em pessoas de alto risco de problemas cardíacos.
O estudo durou quase 5 anos e envolveu uma população entre os 55 e os 80 anos que á data do início da análise, apesar do elevado risco cardiovascular, não apresentava sinais de doença.
Os participantes foram distribuídos aleatoriamente por três grupos de sujeitos a dietas sem restrição calórica: dieta mediterrânica suplementada com azeite extra-virgem, dieta mediterrânica suplementada com frutos secos e dieta de controlo. Trimestralmente foram realizadas sessões educacionais individuais e em agrupo e, anualmente, foi feito um questionário de frequência de consumo de alimentos.
Os participantes foram avaliados em relação ao peso, altura, perímetro abdominal e valores de análises, e foi registada a ocorrência de acidentes cardiovasculares graves.
No fim do estudo, os dois grupos aos quais foi atribuída a dieta mediterrânica tinham mudado significativamente o consumo de peixe e legumes. A prática de exercício físico não sofreu alterações. Os resultados indicam que a dieta mediterrânica é benéfica para a saúde: houve uma redução de cerca de 30% do risco de eventos cardiovasculares junto do grupo que a adotou."
Fonte aqui
Imagem daqui

Sem comentários: